Transtorno de Personalidade Dependente: Sintomas e Características da pessoa com transtorno de personalidade dependente.

Indivíduos com transtorno de personalidade dependente geralmente são bastante carentes, de atenção, de valorização e de contato social.

Veja mais sobre distúrbios psicológicos

Veja sobre transtornos de personalidade

Veja sobre testes de personalidade

Veja sobre testes de psicologia

Veja sobre esquizofrenia

Veja mais sobre transtornos de personalidade

Veja sobre testes de psicologia

Veja mais sobre tratamento para transtornos de personalidade

Veja mais sobre transtornos depressivos

Veja sobre teste de depressão

Paciente com transtorno de personalidade dependente geralmente trazem muitas queixas repetidas de falta de atenção, sobre seu estilo de vida, sobre dificuldades nas relações sociais, falta de sentido na vida, dificuldades profissionais, familiares, escolares e sociais.

Pessoas que sofrem desta desordem são frequentemente influenciadas pelo ambiente exterior e pela opinião dos outros e ficam sujeitas a tentar agradar para não se sentirem rejeitadas.

Estas pessoas se vinculam em terapia à figura do terapeuta, aderem às sugestões do tratamento, são geralmente passivas e corre o risco de ficarem dependentes do tratamento.

No entanto, os ganhos reais na terapia não podem ser feito facilmente, porque o cliente pelo cumprimento do processo terapêutico consegue expandir seu aprendizado da terapia para outras situações sociais, percebendo e garantindo os reforços necessários para sua autonomia e independência, desde que devidamente instruído pelo terapeuta com este propósito.

Em terapia, enquanto indivíduos com transtorno de personalidade dependente são os mais fáceis para se vincularem ao processo terapêutico, comparecendo toda a semana nas sessões de psicoterapia, eles também podem ser dos mais difíceis por causa da sua forte necessidade de constante reafirmação e apoio.

Dependência especificamente com o terapeuta e com a terapia em geral deve ser cuidadosamente monitorizada e evitada.

Psiquiatras e os médicos devem estar cientes de que os indivíduos com transtorno de personalidade dependente, muitas vezes apresentam um grande número de queixas somáticas ou físicas.

Embora a medicação apropriada deva ser prescrita para estes, sempre que necessário, o clínico deve acompanhar atentamente a medicação ingerida e sua manutenção, para assegurar que o paciente não está abusando dela.

Queixas físicas não devem ser minimizadas ou ignoradas, como é frequentemente o caso com alguém que sofre com esse distúrbio, mas não deve igualmente ser incentivada.

Trabalhar estas questões em terapia pode ser uma boa sugestão para ajudar o paciente identificar as reais conseqüências das queixas e os ganhos advindos de uma doença para chamar a atenção.

Veja mais sobre transtorno de personalidade dependente, tratamento para transtorno de personalidade dependente, sintomas apresentados no transtorno de personalidade dependente, características do transtorno de personalidade dependente.

Post a Comment

Spam protection by WP Captcha-Free