Medo de falar com as pessoas: Medo de sair na rua : Fobia social

Os medos ou ansiedade sociais podem ser divididos em diferentes “famílias”, de acordo com sua intensidade, objeto aversivo ou extensão de freqüência, embora todas tenham em comum certos sintomas físicos, como aumento dos batimentos cardíacos, sudorese, tremores, sensação de falta de ar, vertigem, garganta seca, tensão muscular, ruborização, entre outros sinais fisiológicos advindos de uma resposta de medo. Destarte, o medo social pode ser classificado em nervosismo, timidez e fobia social.

O nervosismo é considerado uma forma aceitável de medo social, sendo predominantemente caracterizado pelas reações fisiológicas. Esta expressão de medo é comum em artistas, conferencistas ou atletas e sua intensidade vai diminuindo ao ser executada a ação eliciadora da resposta de medo, permitindo então, que o sujeito se concentre naquilo que se propôs a executar, ou seja, em sua performance.

Na timidez destaca-se a inibição ou reserva diante de pessoas ou situações novas. Geralmente considerada como um fenômeno benigno, a timidez pode representar um incômodo na qualidade de vida do sujeito uma vez que pode limitar sua capacidade de mudanças, devido a sua apreensão e possível fuga de tudo que é novo e desconhecido.

A fobia social caracteriza-se por um medo social intenso e invalidante, derivado de uma preocupação exagerada com a avaliação de terceiros. O fóbico social receia revelar traços de vulnerabilidade ou seus limites, sejam eles quais forem, acarretando um imenso declínio em todas as suas relações sociais, desde os níveis mais superficiais até os mais íntimos. Embora tanto o nervosismo quanto a timidez possam apresentar uma face debilitante, é comum que os casos de incapacidade extrema dessas duas famílias de medos sociais sejam na verdade um grau de fobia social.

Veja mais sobre fobia social, medo fóbico, medo de falar em público, medo de fazer amizades, medo de conversar com as pessoas, acesse estas categorias no site ou clique nos links desta página.

  1. 34 Responses to “Medo de falar com as pessoas: Medo de sair na rua : Fobia social”

  2. tenho medo das pessoas medo da rua

    By cristiano on Jul 15, 2010

  3. tenho medo de algumas pessas principalmente homens preciso de ajuda ,parei de estudar e não saio mais a noite ,quando tocam a campanhia da minha casa de noite sinto um medo horrivel,não exito em chamar a policia e na maioria das vezes não é nada de mais .

    By amanda on Sep 14, 2010

  4. Boa noite tenho varios proplemas pos tinha um filho especial passei 11 anos de minha vida em hospital com ele mim dediqui so a ele pos era mae souteira ele veio a falecer a 3 anos so q continuo com sindrome de panico e depreçao e também mim apego muito as pessoas e sofro com isso pos procuro nos meus relacionamentos prencher esta carecia q e tao grande e mim hojé estou mim formando em radiologia voutei a estudar e trabalhar mais mesmo assim sou muito carente estou em um relacionamento a 6 meses mim entrego de corpo e alma gosta de mim amar mais pos sofro muito se estou bem derrepente caio mim ajuda por favor isso a 14 anos tem hora que penso q n vou suportar passar por mais sofrimento na vida tenho medo de fraquejar e fazer uma loucura com migo quero ficar boa ……obrigada um abraço

    By marinalda pereira de lima on Nov 23, 2010

  5. Eu também sou assim, estou 2 anos sem estudar, fui ao colégio durante 3 meses esse ano e parei porque não consegui mais ir, e eu não suporto receber visitas, eu me escondo no meu quarto enquanto meus pais recebem, minha casa está em obra, tá sendo o caos para mim… Tenho 13 anos! DDD=

    By Cindy on May 5, 2011

  6. eu ,ja tenho toc ,agora estou tratando mas porrem agora eu perco a voz subitamente ,e tem aumentado a gagueira ,e apos um email de uma informaçao fica sabendo quem foi e estou com medo dessa pessoa que escreveu de tentar algo contra min ou minha familia ja tomo remedios eme trato com psiquiatra.e to tentando achar um psicologo pra analise e eu era feliz e hj ate impotente eu estou e so tenho 49 anos

    By marco rosa on May 10, 2011

  7. DESENVOLVI esses medos no colegial quando fui explicar u trabalho e nao consegui desnvolvi tremores no corpo e principalmente na voz o pior e os familiares nao entender achar que e frescur mais eu nao consigo pedir uma carne no acougue ja tive depressao por isso e quase morri tento lutar mais sinto que ao inves de proguedi estou regredindo pensei em fazer uma regressao pessoas me disseram ser bom mais moro em pindamonhangaba e nunca ouvi sobre esse atendimento …

    By ana carolina on Jun 16, 2011

  8. Eu tenho fobia social a 3 anos começou quando eu tinha 12 não conseguia mais ir a festa com gente que não conhecia , nem ir na padaria só se for com alguem por que sair sozinha não consigo mais só vou mesmo ao colegio por que tenho transtorno de personalidade que me permite ter outra personalidade para ir para escola mas nao suporto ficar perto de homens sinto um medo terrivel tirando so os da minha familia e já tive ataques de choro excessivo porque mme forçaram a ir na rua cheio de meninos , não sei mais o que fazer se for pra ir no psicologo so se for mulher preciso de ajuda ninguem quer me ajudar nem eu mesma .

    By patricia on Feb 7, 2012

  9. Eu tenho fobia social desde criança, sempre fui uma pessoa introspectiva, recuada, reservada. Nunca gostei de conversar, até mesmo com familiares. Se estiver num local só falo com alguém se falar comigo, puxar assunto. Deixei de trabalhar por medo das pessoas, deixei de estudar e o caso ficou tão grave que acabei vindo morar na zona rural pra não ter tanto contato com pessoas. Tenho 32 anos sou sustentado pela família, não tenho ninguem (um amor,paixão) pois tenho medo de me envolver sentimentalmente, enfim, estou desesperado, desde criança até hoje, quando cheg alguma visita corro e me escondo no quarto.

    By Rogério on Feb 22, 2012

  10. Eu desde criança sou calada; nunca foi fácil para mim apresentar trabalhos na escola, fazer e manter amizades. Nunca confiava, e ainda não confio, em ninguém para contar coisas minhas. Nunca contei para ninguém com quem fiz amor a primeira vez, inclusive a própria pessoa que lá estava comigo não ficou sabendo, por mim, dos meus reais sentimentos. Todavia, tenho o receio e o pensamento constante de que todos ao meu redor sabem, me julgam, me apontam sobre essa ocasião, que para mim, claro, não foi boa. Continuo calada, e me sinto cercada/ameaçada por todos, sobretudo pelos pensamentos que eu acho que todos têm diante de mim. Só não me escondo demais porque tenho medo de que me escondendo as pessoas pensem o porquê de eu me esconder, e assim descubram meus sentimentos e até meus pensamentos e concluam, sei lá, que eu tenho problemas. Por isso, sou demasiadamente simpática, cortês, sou inclusive gentil e prestativa, faço de tudo para agradar a todos. E explico que é esse o preço que eu pago para não ser julgada ou ameaçada. Todavia, nunca estou segura, mesmo com todo esse sacrifício de agradar para não ser atacada pelas pessoas. Porque, lógico, é em vão. Acrescento ainda que eu jamais ameaço, falo mal ou qualquer coisa do tipo as pessoas que me cercam, justamente para não ser revidada, pois temo que se assim o for, a pessoa me atacará me julgando ou ameaçando, o que para mim seria insuportável ou insustentável. Eu me curvaria e me acovardaria ao ataque. Eu só sei me proteger fugindo de situações que presumo desconfortáveis, pois me considero incapaz de enfrentar inúmeras ocasiões sociais. Minha vida se resume em várias páginas em branco e inúmeros pensamentos.

    By Marina on Aug 3, 2012

  11. Rogerio, a minha estória é parecida com a sua. Na verdade, todas as estórias são semelhantes aqui. São características de pessoas como nós. TAmbém evito pessoas, qualquer tipo de evento e isso tem piorado cada vez mais. Sou fechada e não demonstro emoções. As pessoas me veem como ” esquisita, anti-social, …” e isso tem atrapalhado muito o meu trabalho, porque você não consegue emitir opiniões ou dizer o que pensa por insegurança. Mesmo discordando das pessoas no pensamento, acabo concordando com elas. E quando consigo dizer algo, por exemplo, dar uma opnião, ela se torna insignificante por causa do seu to de voz inseguro e às vezes até tremores. E muitas coisas mais. Se quiser se comunicar comigo: e-mail: nicolligomes@rocketmail.com

    By nik on Sep 11, 2012

  12. Eu que achei que era só eu, tenho varios medos cotidianos, não sei o que mais fazer.

    By Salomão francisco da silva on Oct 1, 2012

  13. gostaria muito de poder ser uma pessoa normal,mas não consigo,não gosto de ficar em publico,pois fico sem ar, e logo mim afasto das pessoas,desejando ficar sozinho,mim trancar num quarto longe das pessoas e da voz delas.
    isso está mim atrapalhando muito em todo sentido.
    o que devo fazer,preciso muito de ajuda.

    By cicero juvencio on Oct 2, 2012

  14. eu nao ei se tenho medo de mim ou das outras pessoas, porque eu constantemente sofro bullying quando saio, ate de pessoas que nem conheço, pessoas preconceituosas que nao respeitam a individualidade de cada um.
    quando saio sempre tenho medo de me deparar com alguma violencia psicologica, as pessoas zombam da minha aparencia e julgam meu comportamento sem me conhecer, e claro que minha atitudes sao apenas um reflexo de como essa sociedade me trata.
    isso me prejudica bastante, tenho meus objetivos mas meu psicologico me atrapalha me impedindo de ir em busca deles, sou timida e reservada, odeio multidao, feira…etc
    eu gosto mais da noite e tambem gosto de sair quando esta chovendo ou quando as ruas estao quase ou totalmente vazias.
    a maioria das pessoas acham que sou estranha, preguiçosa, pois fico mais em casa, mas so eu sei o quanto e dificil pra mim sair.
    eu tenho medo de mim , porque tenho receio do que sou capaz de fazer com os agressores, nao por eles mas por mim, porque pra mim esse tipo de gente nao vale nada.

    By talys on Dec 10, 2012

  15. sou deste jeito que pena que as pessoas com este problema nao conviva com pessoas assim pra teocar ideias e ver que nao estao sozinhas porque em nossa solidao parece que esttamos sozinhos.

    By silvia on Jan 5, 2013

  16. Eu sempre fui muito tímida,de chegar a ficar vermelha qdo precisava falar ou qdo alguém me dirigia a palavra.melhorei um pouquinho depois q casei e tive filhos,mas a dificuldade de conversar com as pessoas permanece até hoje.E realmente,qtas vezes em um grupo de pessoas,qdo dou minha opnião parece que é insignificante mesmo,ninguém dá atenção,deve ser realmente pelo tom de voz,sair meio q baixo,receoso.Isso tem me atrapalhado muito na convivência dia a dia.Por mais que eu tente ficar a par de notícias,me atualizar em relação a tudo parece sempre q não tenho assunto,parece sempre q não sei nada,q sou vazia.

    By Silvinha on Feb 6, 2013

  17. Eu tenho medo d sair na rua de vez em quando
    Mas eu saio para comprar coisas no mercado somente
    Eu não sei eu tenho medo das pessoas tenho medo de ficar na rua!Principalmente quando passo perto de meninas fico com mais medo ainda de elas me julgarem fisicamente! Não aguento mais issu!
    Não sei fazer amizades sou muito sem assunto!
    Mais so na escola que eu falo com todo mundo
    e tenho bastante amizades..
    o que eu faco?

    By Manoel on Feb 11, 2013

  18. Eu cheguei até aqui porque tenho uma entrevista de emprego amanhã e já estou sofrendo antecipdamente, só de pensar que terei que falar em público. Detesto ser o foco de atenções, me expor diante de “platéia”, ler em voz alta em público, conversar com estranhos, fazer novas amizades e até mesmo conversar com vizinhos. Tenho carteira de habilitação, mas morro de medo de dirigir….
    Já perdi várias oportunidades em ótimos empregos por não conseguir me expor e manter diálogo com pessoas de cargos superiores. Aff! Até pelas redes sociais não consigo expressar a minha opinião direito… Isso é horrível e espero vencer tudo isso um dia.

    By Vander on Feb 14, 2013

  19. Meu caso se é semelhante ao de vcs. Tenho medp de sair sozinha, de cpnversar com estranhos, de expor opiniões. Meus pais nao me entendem, diz qum que é frescura minha, que isso é besteira. Quando alguem vem me perguntar alguma coisa eu congelei no tempo… A resposta demora a sair e se sair… Ai ai. Eu nao era assim, quer dizer eu tinhaa crises de gagueirr a pequena. Hoje tenho quase 20anos e nunca namorei, tenho tanto medo de me expressar, de falar.. Perdi um garoto tao bacana por conta disso. Mas seDeus quiser um dia eu fico boa :/

    By Aline Barroso on Apr 3, 2013

  20. Eu era uma pessoas que gostava de fazer amizades nao tinha vergonha de nada,com uma lato estima la em cima….depois me mudei pra italia ja sao 3 anos que vivo aqui,depois começou essa tortura…Morro de medo de falar com as pessoas e quando alguem fala comigo,quase nao consigo falar de nervosa aff..è um panico orrivel eu nunca suei na minha vida depois que ta acontecendo essas coisa comigo nao posso sair que suor e me tremo ….tou tentando relaxar,sair de casa…mas num resolve nada! espero,espero, e espero que tudo iso acabaaa!!

    By Brenda on Apr 16, 2013

  21. ..Tenho medo de conversar, não gosto de falar, as vezes fico o dia todo em casa sem dar uma palavra nem mesmo com familiares. Tenho medo até de olhar nos olhos de uma pessoa ao falar com ela. Sinto tremores de medo…

    By Simone on May 21, 2013

  22. eu sou tao timido que quando uma pessoa fala comigo eu nao respondo e quando respondo eu so falo uma palavra de cada vez e ainda gaguejo ja fui no pisicologo quando pequeno mais ela disse que eu sou normal ja passei varias umilhacoes por conta disso principalmente na escola um dia eu estava apresentando um trabalho e as pessoas falavam comigo e eu nao conseguia me espressar todos falavam que eu era especial mais especial sao aqueles bandos de otarios que nao me conhecem e acha que tem o direito de falar merda bando de nojento

    By quedma roberto on Jul 5, 2013

  23. Ola, eu li todas as historias contadas aqui, e eu me identifiquei com cada uma delas, eu também tenho os mesmos sintomas, tremedeiras, falta de ar, suadeira nas mãos e pés, tenho medo de falar com pessoas estranhas, medo de falar em público, de ser o centro das atenções, de expor minhas ideias, e meu pavor de falar no telefone ou no interfone com outras pessoas, eu gostaria muito de conhecer cada um de vocês, de conversar pelo skype com cada um, pois eu achava que era o único no mundo que tinha essas coisas, gostaria muito compartilhar a minha historia de trocar experiências com vocês, quem quiser me adicionar meu skype é dennis.reeis

    By Denis REis on Jul 25, 2013

  24. Tenho 25 anos, sai da escola aos 16 anos pq não conseguia falar com ninguém, não sentia vontade de falar com ninguem, acho q pq sofri mto bullying desde os 9 anos, era chamada de “beiçuda”, e acho q fui ficando traumatizada, com raiva das pessoas, só fazia alguma amizade com pessoas q não se importavam com meu jeito fechado. Só consegui terminar os estudos pq fiz supletivo em por provas e não precisava frequentar escola. Fiz terapia dos 17 aos 20 anos, oq me ajudou bastante. Recomendo a todos vcs. Mas ainda tenho mta raiva, nojo das pessoas, pessoas q andam em grupinhos, pessoas q gostam de ser os centro das atenções, q se sentem superior e julgam os outros. Gosto de pessoas sinceras, sem preconceitos, q não julgam os outros e essas são pessoas dificeis de se achar.

    By Li santos on Aug 19, 2013

  25. estou passando por um momento terrível, não consigo nem sair da porta pra fora, estou prestes a perder meu emprego, sou servidora, e meu trabalho requer muito de minha comunicação, coisa que não estou conseguindo fazer, ainda não encontrei motivos concretos que venha acarretar estes sintomas. Nunca me deparei com tal situação sinto-me impotente, mas não tenho forças para lutar contra os sintomas que me tomam a toda vez que penso em sair de casa,não consigo ser quem eu sou, fazer oque seria um habito pra mim, não me reconheço…

    By ari on Aug 19, 2013

  26. Eu li todas as históricas daqui e me identifiquei um pouco de cada. Tenho medo de tudo, medo de falar, pois acho que vou falar bobeiras e as pessoas não vão querer me ouvir, eu fico todos os dias em casa, só saio para ir pra escola, mas queria parar de ir para escola pois estou com muitos problemas, com notas, de as pessoas não gostarem de mim. Tenho medo de parecer idiota, medo de achar que não sou boa o suficiente. Prefiro ficar em casa nas minhas férias, vendo tv, lendo livros e no computador do que viajar e sair. Tenho poucos amigos e os poucos que tenho são como eu. Não consigo falar com as pessoas, me socializar. Não consigo sair da minha casa, por insegurança. Não consigo ser eu mesma, sempre tem opiniões fúteis de pessoas que querem ver eu mal, e eu caio muito no que as pessoas falam, se dizem que estou feia, eu choro, fico pensando que eu podia ser melhor. Quando dizem que só faço o errado também me sinto muito mal, eu fico imaginando ”eu devia não ter nascido, talvez faria um favor a humanidade”. Me considero uma praga, pois quase ninguém gosta de mim, quase não saio de casa, sou esquisita e todos me julgam por tudo que faço. Tenho problemas psicológicos. As pessoas falam comigo eu fico rindo, sem saber o que falar, ou simplesmente fico olhando para a cara da pessoa, sem saber o que falar e como reagir. Tenho medo de ficar pior. Já tentei suicídio, por achar que meu futuro não chegaria ou não fosse como eu esperava. Não sou sociável. Tenho 15 anos, e sou assim desde quando tinha 10 anos. Ter medo do mundo.

    By deborah on Aug 25, 2013

  27. Oi, já o meu caso não é de uma extrema fobia social. Eu faço tratamento psicológico, mas não sei se tenho fobia social. Eu tenho 17 anos, e tive vários problemas desde os 14 anos, eu descobri que sou homossexual e outros problemas sociais. Por um fundo emocional eu acho, desenvolvi a gagueira, de um grau leve, mas o meu psicológico a tornou praticamente de grau grave. Eu consigo ter uma vida social normal, mas as vezes eu tenho crises de pânico relacionadas a fala, e eu perco subitamente a voz. Estar junto dos meus amigos me ajuda a superar esse medo, rir, me divertir me ajuda a superar esse medo. Pois no começo eu pensei que tinha uma fobia social, mas eu tenho medo até de qdo estou falando sozinho, pois o meu medo é de gaguejar, as vezes eu tenho medo de gaguejar perto das pessoas, mas esse medo não escolher lugar, nem pessoa! E o pior é que a minha gagueira é muito muito leve, a ponto de levar uma vida social normal, mas nas crises de pânicos ela se torna intensa

    By Matheus on Aug 30, 2013

  28. Olá,tenho 14 anos e eu fui a psicologa,ela disse que tenho problema com ansiedade,e só fui me consultar 1 vez,pois eu e minha irmã de 16 anos temos esse problema de ansiedade,e minha mãe tem depressão entre outros problemas,e eu tenho medo de falar com ela e minha psicologa sobre o que se passa comigo,sou muito dependente das minhas amigas,se for para ir sozinha a rua eu não vou de jeito nenhum!Tenho medo de falar sobre meus problemas com minha mãe por que não gosto de chorar na frente dos outros ,e sempre que toco nesse assunto fico nervosa,choro,fico vermelha,transpiro e isso é oque mas odeio em fazer na frente dos outros!E minha mãe tem parado de ir a psicologa dela,ela diz que não tem problemas!Minha irmã deu uma piorada por ciúmes do namorado ,e tudo isso me deixa preocupada e eu me isolo das pessoas ,choro escondido,e não consigo falar com ninguém sobre isso,e posso dizer que nem com minhas amigas elas riem de mim e fico nervosa,prefiro guarda para mim! Não consigo interagir com pessoas desconhecidas!Preciso de ajuda mas estou com medo!. “E acho que isso é, bem dizer de família,porque minha mãe sofre com esses problemas,minha avó por parte de mãe e minha irmã!”

    By carol on Aug 31, 2013

  29. odeio espelhos,procuro sempre fugir deles me cintu feião,a midia me deprime com a perfeiçao que ela publicam e me sinto mau por isso tanbem,fico felis em saber que não estou sosinho nessa, obrigado gente e boa sorte.

    By anonimo on Sep 27, 2013

  30. Bom pessoal eu Também me espelho de mas porque não é só eu que estou nessa Eu também tenho Medo de sair de casa sei lá… é estranho de más Não gosto de me expor ao Sol sou da Noite não suporto Dia gosto de tempo frio Chuva…Me sinto muito inseguro quando eu sal de casa MEDO!. Abraços para Todos..

    By vito on Sep 30, 2013

  31. quero tirar algumas duvidas sobre isso Me adiciona vitoleboy@hotmail.com

    By vito on Sep 30, 2013

  32. Tenho medo de sair de casa, de sair na rua. não saio de casa pra nada me isolo muitas vezes… choro sempre.
    Faz três meses que não vou pra escola, isso começou a pouco tempo.

    By Millena Nunes Gonçalves on Dec 30, 2013

  33. sofro bulling, as pessoa ficam zombando de mim.

    By Millena Nunes Gonçalves on Dec 30, 2013

  34. eu tenho muito medo não consigo falar direito com ninguem só de imaginar estar num lugar com pessoas desconhecidas me faz entra em panico meu primeiro dia de aula e um suplicio toda vez que tenho que apresentar um trabalho morre de medo fico tremendo e depois passo mal quando encontro uma pessoa conhecida me escondo para não me ver e quase nunca saaio de casa e quando uma pessoa estranha esta em um lugar comigo não falo nada e nem olho pra ela nem com minha familia consigo ser normal quando vo na casa deles quase não falo não consigo comer nada mesmo que tenha fome e ate na minha casa eu vivo no quarto e quase não saio

    By fernanda on Jan 28, 2014

  35. sou extremmente.estranho todos acham isso de mim me chamam de esquizotimido por que sou esquizito e timido e nao gosto de gente por que tenho medo de ser rejeitado nao falo muito com estranhos por que tenho medo de me bater sou muito estranho da vontade de bater em mim sou ruim em td faço errado sou burro e feio eu tenho q trabalhar opra tirar a carta de atendente por isso temoq alguem pedi un lanche e eu faço errado e a pessoa me espanque ou arrume barrac o tenhi medo.de bicha

    By marcelo on Feb 17, 2014

Post a Comment

Spam protection by WP Captcha-Free