Fatores que influencia a Doença e a Saúde – O estresse e o comprometimento na Saúde

Em geral, fatores psicossociais ou comportamentais exercem influência na saúde ou na doença.

Os aspectos emocionais podem ser precedentes do desencadeamento de problemas físicos, bem como enfermidades causadas por agentes orgânicos também podem desencadear reaçõesemocionais diversas.

A saúde pode ser influenciada por varias condições, tais como diferenças individuais, traços de personalidade, sistema de crenças e atitudes, comportamentos, redes de suporte social e meio ambiente.

Diversos estudos mostram que os processos psicológicos e os estados emocionais estão diretamente relacionados com a etiologia e a disseminação de praticamente todas as doenças.

Um dos fenômenos mais estudados recentemente, que envolve a relação entre os aspectos psicológicos, biológicos e sociais, é o estresse.

O estresse pode ser considerado um fenômeno resultante da interação entre os aspectos físicos e psicológicos. Selye (1974, 1976), ao explicar a teoria do estresse, refere-se à Síndrome Geral de Adaptação (SGA) como um processo essencial à vida, uma resposta não específica a um estímulo, que inclui as fases de alarme, resistência e esgotamento.

O restabelecimento do equilíbrio depende da relação das fases e intensidade dos estímulos, podendo ou não causar danos à saúde.

Quando o organismo consegue se adaptar e resistir ao estressor, o processo de estresse se interrompe, e não traz prejuízos à saúde do individuo. Mas se isso não ocorre, ele avança para fases mais severas e pode comprometer a habilidade do corpo em permanecer em homeostase.

O estresse elevado pode contribuir para o aumento na pressão arterial e batimentos, e está associado a mudanças hematológicas que podem contribuir diretamente para doenças cardíacas e hipertensão, como fator de risco ou desencadeando comprometimentos cardíacos.

O sistema imunológico por meio de uma série de caminhos neurais e hormonais está também relacionado ao estresse, que provoca modificações significativas na variação de neurosubstâncias e, consequentemente das reações emocionais e cognitivas, prejudicando e aumentando as conseqüências das enfermidades em geral.

Com isso, é relevante a participação da Psicologia no âmbito da Saúde, pois uma avaliação psicológica pode facilitar o reconhecimento das situações emocionais que agravam e intensificam os sintomas físicos nas doenças.

Veja mais sobre Psicologia da Saúde, o trabalho do Psicólogo na área hospitalar, Psicologia Hospitalar, intervenção psicológica na área da saúde, atuação do Psicólogo na área da saúde, acesse estas categorias no site ou clique nos links desta página.

Post a Comment

Spam protection by WP Captcha-Free