Como são consideradas as provas periciais na Pericia Psicologica Forense

As provas consideradas na pericia psicológica forense correspondem a:

Prova Pericial: consideram-se os exames, vistorias ou avaliações realizadas de acordo com os quesitos apresentado no processo a serem avaliados e depende do conhecimento especial de técnicos ou cientistas sobre o assunto.

O juiz nomeia um perito e após, as partes (Autor e Réu) em 5 dias devem indicar os assistentes técnicos e apresentar os quesitos

Prazos e procedimentos:

O perito oficial apresentará o laudo com pelo menos 20 dias antes da audiência

O perito e os assistentes técnicos só estarão obrigados a prestar esclarecimentos quando intimados a comparecer à audiência

A indicação dos assistentes técnicos é facultativa, pois estes funcionam como assessores dos “litigantes”

As partes podem impugnar o laudo a fim de maiores esclarecimentos ou apresentarem quesitos complementares ou ainda requererem nova perícia

A segunda Perícia não substitui a primeira e o juiz vai apreciar livremente estes laudos

O juiz não está “adstrito” ao laudo pericial, podendo formar sua convicção com outros elementos ou fatos provados nos autos.

Saiba mais sobre avaliação psicológica forense e alterações de consciência em perícias

Post a Comment

Spam protection by WP Captcha-Free